Outras Notícias

debate

  • acampamento pela paz 1 20180808 1674487189

    Realizou-se em Serpa, nos dias 27, 28 e 29 de Julho, o Acampamento pela Paz organizado pela Plataforma pela Paz e o Desarmamento.

    O Acampamento contou com a presença de centenas de jovens de todo o país que mais uma vez se juntaram pelos valores da Paz, da solidariedade entre os povos, pelos direitos da juventude à fruição cultural, ao desporto, ao emprego com direitos, contra o armamento e as armas nucleares e a escalada de agressões a povos soberanos.

  • america latina em debate no porto 1 20191230 1605679795

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação promoveu, no dia 16 de Dezembro às 18 horas, no Clube dos Fenianos Portuenses, uma conferência intitulada «Os novos desafios para a Paz na América Latina», onde estiveram em debate os complexos obstáculos colocados aos povos da região que corajosamente se batem pelo progresso, a justiça social e a soberania, tendo a moderação de Ilda Figueiredo do CPPC, as intervenções do embaixador da República Bolivariana da Venezuela, Lucas Ricon, de Jassellys Morales representante da embaixada de Cuba, de Moara Crivelente do movimento da paz do Brasil, de Vítor Pinto Basto jornalista e escritor, do professor Henrique Borges da União dos Sindicatos do Porto /CGTP e de Vitor Tito da direcção do Clube dos Fenianos Portuenses.
    Ali se fez a denúncia das intervenções sucessivas do imperialismo dos EUA aliado às oligarquias locais, usando os golpes de estado diversos como nas Honduras, na Venezuela e recentemente na Bolívia, se denunciou o bloqueio criminoso a Cuba e à Reoública Bolivariana da Venezuela, o apoio às medidas repressivas e anti-democráticas de Bolsonaro no Brasil. Mas também se manifestou toda a solidariedade aos povos que continuam a lutar pelo direito soberano de escolher os seus caminhos de progresso e de paz, como no na Venezuela e em Cuba, às lutas que prosseguem no Chile, na Bolívia, em Colômbia e no Brasil contra as políticas repressivas e pelo direito dos trabalhadores e dos povos ao progresso social, à democracia, à liberdade e à paz.

  • Com a presença de duas dezenas de ativistas da paz do núcleo de Beja do CPPC, teve lugar nesta cidade no passado sábado dia 2 de março um jantar debate sobre a luta pelo desarmamento nuclear, e a divulgação da petição “Pela assinatura por parte de Portugal do tratado de proibição de armas nucleares.

    Na sua intervenção, Armando Farias, membro da Direcção Nacional do CPPC, sublinhou quanto é importante o envolvimento de todos nesta importante batalha de luta pela paz, falou dos perigos que atual situação mundial comporta, mas que com mobilização e determinação conseguiremos os objetivos porque lutamos.

    Durante a sessão foram também divulgados o último boletim noticias da paz e o livro recentemente editado pelo CPPC “Décadas de lutas pela Paz”.

  • celebrar o 25 de abril 1 20190422 1114862043

  • ciclo cinema pela paz o pianista 1 20180828 1046998136

  • ciclo cinema pela paz 1 20180817 1540996001

  • cinema debate paz 1 20180607 1412516487

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação, com apoio da UPP, realiza uma sessão de cinema, seguido de debate e convívio, na sede da UPP - Universidade Popular do Porto, rua da Boavista, 736 - Porto, no próximo dia 10 de Junho, pelas 16 horas.

  • cinema debate paz porto 1 20190329 1875626006

  • cinema debate paz a oeste nada de novo porto 1 20190921 1242098354

  • cinema debate porto em porto 2 20190403 2076632406

    O evento Cinema/Debate, promovido pelo CPPC - Porto, moderado por João Rouxinol, teve a participação de cerca de 50 pessoas, contou com a intervenção especial de Jorge Sarabando, que enquadrou sócio-politicamente o surgimento da guerra civil de Espanha, sua origem, causas, efeitos e enquadrou-a politicamente com o momento actual, que se vive na Europa e no Mundo.
    No debate, o público participou com algumas intervenções e mostraram satisfação pelo tema abordado, por o considerarem muito oportuno.

  • Nos dias 28, 29 e 30 de Julho realizou-se o Acampamento pela Paz, organizado pelo Comité Nacional Preparatório de Portugal (CNP), para o 19.º Festival Mundial da Juventude e dos Estudantes (FMJE), que realizar-se-á em Soshi (Rússia), de 14 a 22 de Outubro de 2017. O CPPC é uma das organizações membro do CNP.

    Este ano, de regresso à cidade de Évora, o Acampamento pela Paz recebeu cerca de três centenas de jovens que se uniram em torno dos valores da Paz e da luta pelos direitos da juventude, num espaço de alegria e fraternidade, onde tiveram a oportunidade de participar em diversas actividades, desde oficinas relacionadas com sustentabilidade, energia, produção alimentar e desigualdades a nível mundial, uma visita à cidade, várias actividades desportivas, concertos, pintura de mural, culminando com um desfile pela Paz.

  • Nas instalações da Junta de Freguesia de Pias realizou-se um importante debate do Conselho Português para a Paz e Cooperação com a presença da Presidente da direcção nacional do CPPC, Ilda Figueiredo, do Presidente da Junta de Freguesia, José Augusto, e dos membros do CPPC, Maria José Afonso e José Baguinho. Com a paz no horizonte, foi uma iniciativa muito participada, com uma audiência muito consciente dos problemas que ameaçam a paz no mundo, que deram opinião e colocaram preocupações com a evolução da situação internacional, designadamente no Médio Oriente, na Ucrânia e na Europa em geral.

    Foram igualmente abordadas as campanhas do CPPC de solidariedade com a revolução Bolivariana da Venezuela o com o povo saraui e o povo palestino, a actualidade do Apelo de Estocolmo , a exigência da dissolução da NATO e do desarmamento geral e controlado, nos termos do artigo 7º da Constituição da República Portuguesa. No final, vários participantes foram sensíveis ao apelo "pela Paz todos não somos demais!" e inscreveram-se no CPPC.

     

  • Dia 10 de abril foi inaugurada a Exposição "Construir a Paz com os Valores de Abril", nas instalações da União das Freguesias da Malagueira e Horta das Figueiras, em Évora.

    Seguiu-se um debate sobre a paz no mundo. Várias pessoas usaram da palavra tal como o Presidente da Junta José Russo, o Vereador da Cultura, da Câmara Municipal de Évora, Eduardo Luciano e várias pessoas que estavam na assistência. Ilda Figueiredo, Presidente da DN do Conselho Português para a Paz e Cooperação deu explicações sobre a exposição, referiu-se ao artigo 7º da Constituição da República Portuguesa e a algumas campanhas do CPPC seja na solidariedade com a revolução Bolivariana, seja relativamente ao Apelo de Estocolmo contras armas nucleares, seja a exigência de dissolução da NATO.

     

     

  •  
    O repúdio de todos os amantes da paz no Mundo pela presença de organizações ultra-nacionalistas de inspiração fascista e nazi no governo de Kiev, foi pedra de toque na sessão que no passado domingo, 11 de Maio, no Moinho de Maré da Mourisca, no Faralhão, o CPPC e a Junta de Freguesia do Sado realizaram conjuntamente, com o apoio da Câmara Municipal de Setúbal. Ele é parte integrante da mensagem de Socorro Gomes, Presidente do Conselho Mundial da Paz, emitida logo após os massacres na Casa dos Sindicatos de Odessa, a 2 de Maio, inseridos no plano de desestabilizar a Ucrânia e nele instalar um regime fantoche que aceite alargar a NATO até às fronteiras da Rússia.
  • No debate na Escola Profissional de Moura sobre "Construir a Paz com os valores de Abril" intervieram a directora da instituição, o vice-presidente da Câmara Municipal de Moura e membros do CPPC presentes. Foi um dedate muito interessante, com professores e alunos, com boa participação de jovens, designadamente de alunos africanos que ali estudam. Foram também distribuídos boletins " Notícias da Paz" a todos os presentes. Terminou num agradável convívio com um lanche preparado pelos alunos da Escola Profissional.