Outras Notícias

Lisboa

  • Saudação ao 1º de Maio 2016

    Participa com o CPPC nos desfiles de comemoração do 1º de Maio convocados pela CGTP-IN.

    Coimbra
    Praça da República, 28 (junto à Delegação do Sindicato dos Professores da Região Centro), pelas 14h00

    Lisboa
    Martim Moniz junto ao Centro Comercial Mouraria, pelas 14h30.

    Porto
    Avenida dos Aliados (junto à Agência Abreu), pelas 15h00

  • Sessão de solidariedade com a República Bolivariana da Venezuela

    A sessão de solidariedade com a República Bolivariana da Venezuela, promovida pelo CPPC, na terça-feira, 10 de Abril, no auditório da Escola Profissional Bento de Jesus Caraça, em Lisboa, que contou com a presença do Ex.mo Sr. Ministro do Poder Popular para as Relações Externas da República Bolivariana da Venezuela, Jorge Arreaza, constituiu mais uma demonstração da firme e constante solidariedade do movimento da paz português com o processo emancipador e libertador iniciado, há quase 20 anos, naquele país sul-americano, na sequência da vitória de Hugo Chávez nas eleições presidenciais de 1998. Foi, também, um importante momento de esclarecimento e compreensão da situação actual na Venezuela e das perspectivas de futuro imediato.

  • Sessão de Solidariedade com a Revolução Bolivariana

    solidariedade com a revolucao bolivariana 1 20140306 1040738683

    Cerca de 150 pessoas estiveram presentes na Sessão de Solidariedade com a Revolução Bolivariana - Hugo Chávez - Memória e Legado de um Líder - que assinalou o primeiro aniversário do falecimento do presidente Hugo Chávez.

    Na intervenção inicial a presidente da direcção do Conselho Português para a Paz e Cooperação, Ilda Figueiredo, abordou o legado de Hugo Chávez, a importância da Revolução Bolivariana para o povo da Venezuela e os contributos positivos para a região, realçando a necessidade de a defender, em especial no momento em que "...aqueles que perderam sucessivas eleições, continuam a recorrer a todos os meios, incluindo a violência, para tentar alterar a ordem constitucional e anular a vontade do povo venezuelano, livremente expressa em sucessivas eleições presidenciais, nacionais, regionais e locais.". Actos de violência, uma vez mais, condenados pelo CPPC.

    Na sua intervenção, o Exmo. Senhor Embaixador da República Bolivariana da Venezuela em Portugal, Lucas Ríncon Romero, agradeceu a solidariedade demonstrado com o povo venezuelano e afirmou que os ideais de Chávez estão mais vivos que nunca nos povos do mundo, tendo realçado muitos dos progressos alcançados pela Revolução Bolivariana, continuou apresentando uma cronologia dos recentes actos de desestabilização e violência perpetrados por forças reaccionárias na Venezuela, denunciando a manipulação e verdadeira guerra mediatica desencadeada contra o seu país por forças estrangeiras e da oposição.


    Os participantes na sessão puderam ainda apreciar a exposição fotográfica "Hugo Chávez Percursor de um Mundo Multipolar".

    Veja mais fotos...

  • Sessão de Solidariedade com os povos da América Latina

    sessao de solidariedade com os povos da america latina 3 20180610 1259679040

    O CPPC promoveu no dia 7 de Junho na Casa do Alentejo, em Lisboa, uma sessão de solidariedade com os povos da América Latina. Intervieram Ilda FIgueiredo e Luís Carapinha, do CPPC, e Augusto Fidalgo, da Associação de Amizade Portugal-Cuba, os embaixadores em Portugal de Cuba e da Venezuela, Mercedez Martínez e Lucas Rincón, e ainda representantes do Partido dos Trabalhadores e do Partido Comunista do Brasil e activistas do Colectivo Andorinha.

    Nas diversas intervenções denunciou-se a ingerência dos EUA nos assuntos internos dos países latino-americanos. valorizou-se as conquistas alcançadas pelos processos progressistas que marcaram e marcam a região e reafirmou-se a solidariedade aos povos na sua antiga e persistente luta pela soberania, o progresso e a justiça social.

    Participaram ainda Joana Manuel e Rui Galveias, dos El Sur, que interpretaram temas de autores latino-americanos.

  • Sessão em Lisboa constituiu emotivo momento de solidariedade com a Palestina

    A Casa do Alentejo, em Lisboa, encheu-se ao final da tarde de dia 20 de Dezembro para uma sessão de solidariedade com a Palestina, promovida pelo CPPC em parceria com a CGTP-IN, o MDM e o MPPM.

    O ponto de partida foi a nova provocação dos EUA de reconhecerem Jerusalém como capital de Israel, mas em todas as intervenções se denunciou a longa e brutal ocupação sionista da Palestina e as desumanas violações dos mais elementares direitos humanos que sempre a acompanharam e a cumplicidade dos Estados Unidos.

    O CPPC esteve representado por Gustavo Carneiro, da direcção. Pela CGTP-IN interveio o Secretário-geral, Arménio Carlos, pelo MDM Regina Marques e pelo MPPM Carlos Almeida.

  • Sessão Pública "Pela Paz, todos não somos demais!"

    sessao publica pela paz todos nao somos demais 1 20181004 2093605975

  • Sessão Pública em Lisboa pela "Paz na Síria e no Médio Oriente"

    Contra a agressão dos EUA, Reino Unido, França e seus aliados

    Os povos do Médio Oriente têm sido vítimas de permanentes agressões protagonizados pelos EUA e seus aliados, nomeadamente da Europa e do Médio Oriente. São exemplo disso as guerras de agressão contra o Afeganistão, o Iraque, a Líbia ou a Síria.

    Também a agressão contra o Iémene, a ilegal ocupação dos territórios palestinianos por Israel e a sua repressão sobre o povo palestiniano – não esquecendo a decisão dos EUA de reconhecer Jerusalém como capital de Israel e de mudar a sua embaixada para esta cidade –, são exemplos da política belicista contra Estados soberanos e desrespeitadora da soberania e direitos dos povos do Médio Oriente por parte das potências ocidentais e seus aliados.

  • Sessão Pública Solidariedade com o Saara Ocidental

  • Sessão pública! Solidariedade com os povos da América Latina!

    sessao publica solidariedade com os povos da america latina 1 20201019 1507381464
    Face ao incremento da ingerência e da ação desestabilizadora dos EUA na América Latina, procurando travar e inverter processos de emancipação nacional e social na região, o Conselho Português para a Paz e Cooperação promove no próximo dia 27 de Outubro, pelas 18 horas, na Casa do Alentejo, em Lisboa, uma sessão pública de solidariedade com os povos da América Latina.
    Intervêm, entre outros, Ilda Figueiredo, presidente da Direção Nacional do CPPC.
    Participa e divulga!
    Nas iniciativas do CPPC serão respeitadas as recomendações de salvaguarda da saúde pública.
  • Sim à Paz - Não aos Exercícios Militares da NATO

    Lê o folheto: http://issuu.com/sim_a_paz/docs/folheto_fv

     

  • Sim à Paz - Não aos Exercícios Militares da NATO - Desfile

    A alegria da luta pela Paz em Lisboa

    Foi com alegria e combatividade que este Sábado, 24 de Outubro, se realizou, em Lisboa, o desfile da campanha "Sim à Paz - Não aos Exercícios Militares da NATO", promovida por mais de trinta organizações portuguesas.

    O desfile, que terminou na Praça Luís de Camões, foi seguido de intervenções de Augusto Praça da CGTP-IN, Vítor Silva do MPPM, Ana Souto do MDM, Ricardo Brites da associação de estudantes do ISEL e Ilda Figueiredo do CPPC, contou ainda com a música de Luís e Francisco, Duarte e Sebastião Antunes e com poesia dita por Fernanda Lapa.

  • SIM À PAZ! NÃO À NATO!

    Em defesa da paz e da segurança no mundo! Não aos objectivos belicistas da Cimeira da NATO de Bruxelas!

     

  • Sim à Paz! Não à NATO!

    sim a paz nao a nato 1 20180704 1593137836

    Realizou-se no dia 28, na baixa lisboeta, uma conferência de imprensa das organizações e movimentos que integram a campanha «Sim à Paz! Não à NATO!», que deram nota das iniciativas previstas e explicitaram os seus objectivos. Em seguida, o texto da Conferência de Imprensa e as organizações promotoras.

    ......

  • Sim à Paz! Não à NATO!

    sim a paz nao a nato 1 20180714 1096086594

    No passado dia 3 de Julho, pela manhã, activistas de várias organizações subscritoras da campanha "Sim à Paz! Não à NATO!" distribuíram centenas de documentos da campanha junto ao terminal de transportes do Cais do Sodré.

    Recordamos as próximas iniciativas promovidas pela campanha:

    Évora, 7 de Julho às 11 horas na Praça do Giraldo;
    Lisboa, 9 de Julho às 18 horas no Largo Camões;
    Coimbra, 10 de Julho a partir das 15 horas na Praça 8 de Maio;
    Faro, 10 de Julho às 18 horas na Rua Santo António;
    Porto, 12 de Julho às 18 horas na Rua de Santa Catarina.

    PARTICIPA E DIVULGA!!

  • Sim à Paz! Não à NATO!

    sim a paz nao a nato 1 20180714 1512363700

    Activistas da campanha "Sim à Paz! Não à NATO!" estiveram esta manhã; frente à Assembleia da República, na concentração promovida pela CGTP-IN, de rejeição do acordo laboral, no local foram distribuídas centenas de documentos da campanha.

    Recordamos as próximas iniciativas promovidas pela campanha:

    Évora, 7 de Julho às 11 horas na Praça do Giraldo;
    Lisboa, 9 de Julho às 18 horas no Largo Camões;
    Coimbra, 10 de Julho a partir das 15 horas na Praça 8 de Maio;
    Faro, 10 de Julho às 18 horas na Rua Santo António;
    Porto, 12 de Julho às 18 horas na Rua de Santa Catarina.

    PARTICIPA E DIVULGA!!

  • Sim à Paz! Não à NATO! - intervenção de Ilda Figueiredo- CPPC

    Sim à Paz! Não à NATO!

    Culminando uma campanha em defesa da Paz e de denúncia da NATO e dos objectivos belicistas da sua cimeira de Bruxelas, "Sim à Paz! Não à NATO!", subscrita por 28 organizações portuguesas, muitos foram os activistas que percorreram ao final da tarde de dia 24 as ruas da baixa lisboeta exigindo a dissolução da NATO, o fim da corrida aos armamentos e das bases militares estrangeiras, o desarmamento.

    A intervenção de Ilda Figueiredo- CPPC

  • Sim à Paz! Não à NATO! - Lisboa

    A Campanha “Sim à Paz! Não à NATO!” realizou em Lisboa um acto público, na passada sexta-feira. A campanha, promovida por 26 organizações portuguesas, levou às ruas de Lisboa a sua luta pela Paz e contra os propósito agressivos da NATO e da sua cimeira, iniciada nesse dia, em Varsóvia.

    No percurso efectuado pelos manifestantes pelas ruas de Lisboa, ouviram-se palavra de ordem como “Paz Sim, NATO não!”, “Mais saúde e educação! NATO não!” ou “NATO é agressão, dissolução é solução”, entre outras.

    A iniciativa terminou no Largo Camões com a actuação do grupo Marfa e intervenções de João Barreiros pela Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses – Intersindical Nacional, Regina Marques pelo Movimento Democrático de Mulheres, José Oliveira pelo Movimento pelos Direritos do Povo Palestino e a Paz no Médio Oriente, David Frazier pela Associação de Estudantes da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e Ilda Figueiredo pelo Conselho Português para a Paz e Cooperação.

    As várias intervenções afirmaram a Paz é necessária ao desenvolvimento humano e denunciaram a NATO com os seus objectivos belicistas e o seu historial de agressão como contrária à segurança e aos interesses dos povos. Denunciando que o aumento da tensão e de conflitos, de que a NATO e as potências que a compõem são as principais responsáveis, aumentam o risco de um conflito de grandes proporções que ameaçaria a própria humanidade.

  • Sim à Paz! Não à NATO! - Lisboa 2019

    sim a paz nao a nato lisboa 2019 1 20190408 1789219336

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação, em conjunto com duas dezenas de organizações, assinalou, ontem em Lisboa, os 70 anos da NATO com um ato público onde foram denunciados os crimes desta organização agressiva e os perigos que representa para a paz e segurança mundiais.

    Durante a iniciativa foram distribuidos documentos informativos https://issuu.com/conselho_paz/docs/folheto_nato_paginas

    Leia a intervenção do CPPC:

  • Sim à Paz! Não aos Exercícios Militares da NATO! - Colóquio LISBOA

  • Sim à Paz! Não aos Exercícios Militares da NATO! - Iniciativas Outubro2015