Outras Notícias

Porto

  • Conferência sobre o Holocausto e a II Guerra Mundial

    Decorreu, no passado dia 20 de Abril, a Conferência sobre o Holocausto e a II Guerra Mundial, que o CPPC realizou em colaboração com o diretor da Escola Secundária Alexandre Herculano, no Porto, no âmbito do protocolo existente com a CMP, tendo a participação do professor universitário Manuel Loff, da presidente da direcção do CPPC, Ilda Figueiredo, e do diretor do agrupamento de escolas, Manuel Lima.

  • Convite - Inauguração da exposição "Construir a Paz com os valores de Abril" no Porto

    Agradecemos que participe e divulgue esta iniciativa do CPPC, no Porto, na próxima segunda-feira, dia 21 de Julho - 18 horas, no Clube dos Fenianos Portuenses.

    A seguir à abertura da exposição, teremos uma palestra sobre a situação internacional, com destaque para Ucrânia e Palestina.

    Entretanto, um pouco antes da iniciativa acima referida, pelas 17,30 horas, em frente à estação do metro da Trindade, iremos distribuir à população documentos de solidariedade com a população da Palestina, vítima dos massacres do governo de Israel, iniciativa para a qual também o/a convidamos.

    Participe!

     

  • CPPC assinala 70 anos da vitória sobre o nazi-fascismo na Segunda Guerra Mundial

    CPPC assinala 70 anos da vitória sobre o nazi-fascismo na Segunda Guerra Mundial com um conjunto de iniciativas

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) evoca com um vasto conjunto de iniciativas o 70.º aniversário da vitória sobre o nazi-fascismo na Segunda Guerra Mundial, que se assinala na Europa nos dias 8 e 9 de Maio:

    • No dia 8, contacto com a população, com distribuição de documentos, em Lisboa, às 16 horas na Cidade Universitária;

    • No dia 9, às 11H30, contacto com a população do Porto, na Via Catarina;

    • No dia 9, em Setúbal, o CPPC promove, juntamente com outras organizações e movimentos, um cordão humano na Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, às 11 horas, e um debate público sobre o tema na Sociedade Musical Capricho Setubalense, com início marcado para as 15h30;

    • Ao mesmo tempo, o membro da Direcção Nacional do CPPC, Filipe Ferreira, integra uma delegação do Conselho Mundial da Paz que participa, entre 6 e 9 de Maio, nas comemorações dos 70 anos da vitória sobre o nazi-fascismo em Moscovo, na Rússia;

    . No dia 13 de Maio, a Presidente da Direcção Nacional do CPPC participa, em Bruxelas, a convite do Grupo da Esquerda Unitária Europeia / Esquerda verde Nórdica no Parlamento Europeu (GUE/NGL), na Conferência sobre “70 anos da Vitória sobre o Nazi-Fascismo- Unidade na luta pela paz e contra o Fascismo e a Guerra”.

    • No dia 16, às 14h30, o CPPC promove uma conferência intitulada «Nos 70 anos da derrota do nazi-fascismo: Celebrar a vitória, defender a Paz», no Centro de Informação Urbana de Lisboa (Picoas Plaza – Rua Viriato 13, Núcleo 6,1.º), que conta com a participação da presidente e do vice-presidente do CPPC, Ilda Figueiredo e Rui Namorado Rosa, e os representantes dos movimentos da Paz da Bélgica e da Irlanda, Mario Frassen e Roger Cole; na ocasião, será inaugurada a exposição do CPPC, com o mesmo título;

    • No dia 29, terá lugar uma conferência no Porto, seguida da inauguração da exposição. O local e a hora serão revelados mais tarde.

    Com estas iniciativas, o CPPC pretende levar mais longe os valores da paz, da cooperação e da solidariedade e alargar o campo dos que defendem o desarmamento, o fim das bases militares estrangeiras e a dissolução dos blocos político-militares e reconhecem o direito inalienável dos povos a decidirem soberanamente dos seus destinos.

    O CPPC procurará fazer deste aniversário um momento particular de reflexão sobre as causas da guerra e os interesses que lhe estão subjacentes, para, dessa forma, contribuir para promover a paz e evitar que semelhante tragédia volte a acontecer.

  • CPPC nas comemorações populares do 25 de Abril | 2019

    cppc nas comemoracoes populares do 25 de abril 2019 1 20190426 1027511726

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação participou nas comemorações populares do 45º aniversário da Revolução de Abril.

    Em Coimbra, Faro, Lisboa e Porto dezenas de ativistas e amigos do CPPC participaram nas comemorações populares com faixas onde se podia ler "Pela Paz por Abril! Todos não somos demais!" e "Solidariedade com a Revolução Bolivariana".

    Além da participação nos desfiles, onde foram foram distribuídos documentos do CPPC, realizaram-se ainda exposições em Coimbra e Faro enquadradas nas comemorações do 25 de Abril.

  • CPPC participou nas comemorações do 1.º de Maio

    cppc participou nas comemoracoes do 1 de maio 2 20190510 1549159358

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação participou nas comemorações do 1.º de Maio promovidas pela CGTP-IN em vários pontos do País.

    Em Lisboa, para além da presença com uma banca, onde foram distribuídos milhares de documentos, os activistas da paz e da solidariedade participaram no desfile empunhando uma faixa de solidariedade com o povo venezuelano e a Revolução Bolivariana, que na véspera derrotaram uma nova tentativa de golpe de Estado perpetrada pela extrema-direita golpista, em coordenação e às ordens dos Estados Unidos da América, contra a soberania, a democracia e a paz na Venezuela. Entre as palavras de ordem entoadas, soaram com particular vigor «Venezuela soberana é bolivariana» e «Golpe e agressão não passarão».

    No Porto os activistas participaram no desfile empunhando uma faixa da campanha pela Assinatura por parte de Portugal do Tratado de Proibição de Armas Nucleares.

    Em Coimbra o CPPC marcou presença com uma faixa de solidariedade com a Venezuela Bolivariana.

  • Dar voz à solidariedade com a Palestina - Porto

  • Debate “Os Conflitos no Médio Oriente”

  • Debate | Liberdade para a Palestina | Fim à ocupação

    debate liberdade para a palestina fim a ocupacao 1 20200526 1768352217

  • Debate no Porto "Dia Internacional da Paz"

    Integrado nas acções que assinalaram o Dia Internacional da Paz, o CPPC e a UPP inauguraram, no Porto, no dia 20 de Setembro a exposição " Construir a Paz com os valores de Abril". Seguiu-se um animado debate sobre a situação internacional, com dezenas de pessoas, tendo-se registado diversas intervenções que alertaram para os perigos existentes nesta fase de intensificação das agressões imperialistas dos EUA, da NATO e de diversos países da União Europeia. O Debate foi coordenado por Joana Espain Oliveira do Núcleo do Porto do CPPC e que contou com a participação de Sérgio Vinagre, médico e director da Universidade Popular do Porto e Ilda Figueiredo, presidente da direção do CPPC.

    No final, houve um convívio , depois do apelo feito a que haja mais aderentes nesta luta pela paz, pois todos não somos demais!

     

  • Debate no Porto: Pela Paz, pela Segurança, pelo futuro da Humanidade!

    O CPPC promoveu, no Porto, no dia 9 de Novembro, no Clube dos Fenianos Portuenses, um debate bastante participado, inserido na campanha que está a desenvolver pela assinatura por parte de Portugal do Tratado de Proibição de Armas Nucleares.

    Participaram: Ilda Figueiredo, presidente da direcção do CPPC; o jornalista Alfredo Maia e o escultor e Professor da FBAUP Norberto Jorge.

    Ali se informou das iniciativas que o CPPC tem em curso, foram recolhidas dezenas de assinaturas para a petição tendo-se também registado novas adesões ao CPPC e mobilizado novos amigos e aderentes para a participação nesta campanha.

    Pode também subscrever a petição em: http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=nao-armas-nucleares

  • Debate no Porto: Pela Paz, todos não somos demais!

    debate no porto pela paz todos nao somos demais 1 20180926 2022157942

  • Debate no Porto: Pela Paz, todos não somos demais!

     debate no porto pela paz todos nao somos demais 1 20181008 1445566132

  • Debate: Pela Paz, pela Segurança, pelo futuro da Humanidade!

    O CPPC promove, no dia 9 às 18h00, no Clube dos Fenianos Portuenses, um debate inserida na campanha que está a desenvolver pela assinatura por parte de Portugal do Tratado de Proibição de Armas Nucleares. Participam Ilda Figueiredo, presidente da direcção do CPPC; o jornalista Alfredo Maia e o escultor Norberto Jorge.

    No âmbito desta campanha, o CPPC lançou uma petição, que pode ser subscrita aqui: http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=nao-armas-nucleares

     

  • Décadas de Luta pela Paz - Porto

  • Desporto ao Serviço do Desenvolvimento e da Paz

     coloquio desporto ao servico do desenvolvimento porto 1 20190422 1749420658

    O CPPC estará representado pela Presidente da Direcção Nacional, Ilda Figueiredo, no colóquio "Desporto ao Serviço do Desenvolvimento e da Paz", que se realizará no Anfiteatro Nobre da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, no próximo dia 24 de Abril, pelas 14h30.

  • Dia Internacional da Mulher

    dia internacional da mulher 1 20210308 1657382966

    O CPPC solidariza-se com os objectivos e iniciativas com que o Movimento Democrático de Mulheres (MDM) assinala o dia internacional da mulher. Reconhecendo a importância que têm para a Paz, nomeadamente o reforço da capacidade de resposta do SNS, o cumprimento do direito ao trabalho com direitos, à valorização dos salários, à igualdade de direitos e oportunidades, e o combate às desigualdades, ao tráfico de seres humanos, ao trabalho escravo.

    As Mulheres estiveram e estão na luta pela paz e contra a guerra, que está profundamente ligada à luta pelo progresso social. Estiveram e estão na luta por um Mundo livre de Armas Nucleares, em defesa do seu futuro, do futuro da Humanidade. A perigosa situação que se vive hoje no mundo exige a participação de todos - Mulheres e Homens - na intervenção e luta para alcançar estes objectivos.

    Assim, o CPPC vai participar e apela a todos os activistas da paz que participem nestas iniciativas comemorativas do dia internacional da mulher.

    O MDM marcou pontos de encontro de mulheres no Porto a 7 de março, 15h (junto à Cordoaria) a 13 de março 15h em Lisboa (nos Restauradores).

  • Direitos Humanos e a Paz - ES António Nobre - Porto

    es antonio nobre porto 1 20181203 1376817178

    Realizou-se um debate na Escola Secundária António Nobre, no Porto, em que participaram dezenas de alunos e professores, tendo por base as duas exposições do CPPC que a Biblioteca da ES apresentou sobre as duas grandes guerras mundiais no século XX. Estas iniciativas têm o apoio da Câmara Municipal do Porto, através do seu Pelouro da Educação. Na palestra intervieram, em nome do CPPC, Ilda Figueiredo, presidente da direcção do CPPC e Daniel Vieira com mestrado na área da história e igualmente membro do CPPC, que se referiram às causas e consequências das referidas guerras, designadamente em Portugal, e salientaram a importância da defesa da Paz, incluindo na actualidade. No debate vivo que se seguiu com os alunos, foi também salientada a importância do desenvolvimento de um espírito crítico para que se possa compreender melhor a situação actual e defender a paz perante uma ideologia dominante que faz a apologia do reforço do armamento e da guerra. Foram salientados os princípios e os valores que a Constituição da República Portuguesa defende, designadamente no seu artigo 7º.

  • Fim à Agressão! Fim à Ocupação! - Porto

    cartaz solidariedade palestina - porto 1 20140828 1090481146

    Participa!

    28 de Agosto - 18H

    Concentração - Praceta da Palestina - Porto
    (Entre a Rua Sá da Bandeira e a Rua do Bolhão)

    CPPC

    Apoio:
    USP/CGTP-IN
    MDM
    UPP
    UNICEPE
    AEESEP

  • Fim à desestabilização e a bloqueio - Solidariedade com ao Revolução bolivariana e o povo venezuelano

    fim a desestabilizacao e ao bloqueio solidariedade com a revolucao bolivariana e o povo venezuelano 1 20190129 1157440018

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) defende o legítimo direito dos povos a decidirem soberanamente o seu rumo de desenvolvimento – um direito consagrado na Carta das Nações Unidas e no Direito Internacional –, uma sua posição de sempre que é tão mais importante reafirmar no momento em que se intensifica uma aberta e descarada ameaça, a pressão, a chantagem, o bloqueio e a interferência sobre a República Bolivariana da Venezuela, que visa atingir e agravar as condições de vida do seu povo.

    O não reconhecimento do Presidente democraticamente eleito da Venezuela, Nicolás Maduro, é mais um episódio do longo processo de ingerência e desestabilização promovido e levado a cabo pelos Estados Unidos da América e pela oligarquia venezuelana e que dura há 20 anos, tantos quantos tem a Revolução Bolivariana – o golpe de Estado contra o Presidente Hugo Chávez em 2002, a sabotagem da empresa estatal de petróleo PDVSA, o terrorismo, o bloqueio e as sanções económicas e diplomáticas foram e são métodos utilizados para dificultar a acção e, se possível, derrubar o poder bolivariano, as instituições legítimas do país, sufragadas democraticamente ao longo de 20 anos.

  • Inauguração da exposição " 100 da Grande Guerra e a luta pela Paz"

    No dia 7 de Março, na inauguração da exposição " 100 da Grande Guerra e a luta pela Paz", do CPPC, na Escola Secundária Alexandre Herculano, no Porto, com o director da escola Dr. Manuel José Lima, a vice-presidente da Câmara Municipal do Porto, Dra Guilhermina Rego, e a presidente da Direcção Nacional do CPPC, Ilda Figueiredo. Seguiu-se um animado debate com cerca de 100 alunos e diversos professores.