Outras Notícias

tribunal internacional de justiça

  • África do Sul acusa Israel de violação da Convenção sobre o Genocídio

    destruiçaogaza.jpg

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) subscreveu a carta que apela aos Estados de todo o mundo para que apoiem o processo da África do Sul que acusa Israel de violação da Convenção sobre o Genocídio, no Tribunal Internacional de Justiça.
    A carta apela aos Estados para que apresentem declarações de apoio ao processo iniciado pela África do Sul – o que pode ser feito em qualquer momento –, com o objetivo de denunciar, responsabilizar e prevenir que Israel continue a praticar crimes contra o povo palestino, incluindo o de genocídio como definido pela Convenção sobre o Genocídio.
    O apelo foi já subscrito por mais de 1500 organizações de todo o mundo e continua aberto à subscrição: https://docs.google.com/.../1FAIpQLSckfVUjnsu.../viewform
    Na carta refere-se que foram muitos os países que já expressaram "o seu horror face às ações genocidas do Estado de Israel, aos crimes de guerra e aos crimes contra a Humanidade cometidos contra os palestinianos. As forças de ocupação israelitas bombardearam hospitais, residências, centros de refugiados das Nações Unidas, escolas, locais de culto e rotas de fuga, matando e ferindo dezenas de milhares de palestinos desde 7 de outubro de 2023. Mais de metade dos mortos são mulheres e crianças. Os líderes israelitas fizeram declarações descaradamente genocidas, declarando abertamente a sua intenção de deslocar permanente e completamente os palestinos da sua própria terra".