Outras Notícias

Paz sim! NATO não! Não à realização dos exercícios militares da NATO

No momento em que se vão iniciar os maiores exercícios militares da NATO das últimas décadas, com o envolvimento directo de Portugal, Espanha e Itália, divulgamos o texto já subscrito por 29 organizações portuguesas, comprometidas com a causa da Paz, da cooperação, do progresso e da justiça social, que contestam a realização destes exercícios bélicos.

Ler mais...

Não aos exercícios militares da NATO - 2015

exercicios militares da nato - 2015 1 20150826 1324238032

Assina o abaixo-assinado individual em http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT78172
(atenção à necessidade de confirmar a assinatura clicando no link do email de confirmação)

Um conjunto de organizações portuguesas, comprometidas com a a causa da Paz, da cooperação, do progresso e da justiça social, confrontadas com o anuncio da realização de uma das maiores manobras militares da NATO de sempre, num momento em que se multiplicam situações de tensão, de conflito e de guerra - inclusive na Europa - e aumentam a insegurança e a instabilidade internacionais, não podem deixar de expressar o mais expressivo repúdio pela realização destas manobras e convidá-lo a subscrever o texto referido acima.

Recordemos que em vários países, incluindo Portugal, são pedidos sacrifícios aos cidadãos e que amplas camadas da população são lançadas na pobreza, que a NATO coloca como objectivo o aumento das despesas militares e que os orçamentos militares dos seus países membros representam a maior fatia do total dos gastos militares mundiais. 1,8 Biliões de dólares em 2014.

Manobras da NATO no Mar Negro

No quadro de um crescendo de acções belicistas que a NATO tem vindo a desenvolver na Europa, começaram hoje, no Mar Negro, manobras navais conjuntas, desta organização com a Ucrânia, que envolvem ainda, para além dos países membro da NATO, a Suécia e a Moldávia.

Estas manobras, que envolvem milhares de militares e meios navais, terrestres e aéreos, decorrem ao mesmo tempo que outras duas manobras da NATO, uma no Mar Báltico e outra na Alemanha, Itália, Bulgária e Roménia.

O CPPC condena a escalada belicista impulsionada pela NATO e recorda que a aliança realizará a partir do início de Outubro manobras de grande escala que envolverão de forma particular o nosso país. Manobras já repudiadas por um conjunto de organizações portuguesas, que promovem o abaixo assinado disponível em http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT78172
(atenção à necessidade de confirmar a assinatura clicando no link do email de confirmação).

 

Paz Sim! NATO Não!

 

A NATO, aliança belicista, extensão do poder militar dos EUA e que actua em função dos seus interesses, vai realizar em Portugal, Espanha e Itália, de 28 de Setembro a 6 de Novembro de 2015, manobras militares de grande envergadura, que envolverão mais de 36 000 militares de todos os ramos das forças armadas dos Estados membro desta aliança e de outros 7 "países parceiros".

Consideradas das maiores manobras militares da NATO de sempre, estas surgem na sequência de exercícios militares dos EUA e da NATO em diversas regiões da Europa: Mar Báltico, Europa de Leste (Estónia, Letónia, Lituânia, Polónia, Ucrânia), Mar Negro – que são entendidos como uma clara e continuada demonstração de hostilização à Federação Russa.

Ler mais...