Outras Notícias

FacebookTwitterRSS Feed

Sim à Paz! Não à NATO!

Sim à Paz! Não à NATO!- Iniciativas por todo o País A campanha «Sim à Paz! N&at...

012

O primeiro-ministro japonês foi obrigado a suspender temporariamente as obras de transferência de uma base militar dos EUA para Okinawa, face a uma decisão judicial tomada na sequência de uma iniciativa interposta pelo Governador de Okinawa para impedir tal transferência.

A interrupção das obras representa uma vitória da persistente luta do movimento pela Paz japonês e da população de Okinawa, que contesta a instalação da nova base e defende o fim da presença militar norte-americana nesta ilha e em todo o Japão.

Sendo uma importante vitória para a causa da Paz, este é um combate que está longe de estar terminado, pois o governo militarista nipónico parece determinado em garantir o reforço da presença militar dos EUA no Pacífico e a utilizar o Japão para concretizar tal objectivo.